26/07 - 31/07/2016

Atualizações / Notícias

Atrás

26 de julho – Missa de Abertura centrada em João Paulo II

2016-07-07 / Wydarzenia Centralne


“Esta chama da misericórdia precisa ser transmitida ao mundo”, disse João Paulo II. Esta missão, dada a nós pelo Papa polonês, será literalmente cumprida durante a missa de abertura da Jornada Mundial da Juventude Cracóvia 2016.

Revezamento da Chama da Misericórdia

O primeiro dia da Jornada Mundial da Juventude começará com a marcha da Chama da Misericórdia de Łagiewniki até o Parque Błonia. A rota incluirá lugares importantes para João Paulo II em Cracóvia, tanto no período antes de ele tornar-se Papa, como durante o tempo que ele era Papa. Como por exemplo, a Igreja de São Floriano ou a Catedral de Wawel. A marcha será iniciada por uma irmã da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Misericórdia em Łagiewniki e outras pessoas irão revezar-se na passagem da Chama da Misericórdia até apresentá-la ao Cardeal Stanisław Dziwisz, que irá celebrar a Santa Missa. A Chama da Misericórdia ficará acesa no altar e irá acompanhar os peregrinos durante todo o período da JMJ. No trajeto dos passos de João Paulo II serão exibidos arquivos apresentando o Papa polonês nos locais onde haverá o revezamento da Chama.

Enquanto isso no Parque Błonia…


A marcha da Chama da Divina Misericórdia será mostrada em grandes telões instalados no Parque Błonia junto com os testemunhos de experiência da misericórdia e a encarnação dos ensinamentos de João Paulo II nas vidas de pessoas reais. Neste período, no palco líderes de oração e louvor e líderes de dança do Movimento Lednica 2000 irão entreter jovens de todo o mundo. “Nós queremos mostrar o significado que o Lednica 2000 tem para os jovens e o quanto o Pe. Jan Góra fez pelos jovens, e certamente estará nos abençoando do céu”, afirma Weronika Griszel, coordenadora do Departamento dos Atos Centrais. Entre os diversos artistas, Ivan Komarenko irá apresentar-se com um coral de crianças da África.


A Marcha dos Símbolos da JMJ

Como o lema do primeiro dia será “João Paulo II como fundador da JMJ”, a história das peregrinações dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude será contada. A Cruz e o Ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani irão passar entre os setores do Błonia carregados por grupos de jovens dos países nos quais as JMJs aconteceram em ordem cronológica. Os jovens seguirão em procissão vestidos em camisetas com o logo dos encontros e diferenciados por bandeiras nacionais começando por Roma até Cracóvia. Paralelamente a isto, nos telões serão exibidas imagens das JMJs anteriores. A marcha dos símbolos será acompanhada pelos hinos dos encontros executados pelo coral e a orquestra da JMJ.


O Ponto Mais Importante do Programa – A Santa Missa

A Santa Missa será celebrada no rito de São João Paulo II. O seu conteúdo será antes de qualquer coisa uma oração por bênçãos e por frutos espirituais do encontro. “Isto será também um convite para aqueles que ainda não tem certeza se devem vir à Cracóvia”, diz o Pe. Marek Hajdyła, chefe do Departamento dos Atos Centrais. Pelo fato da Polônia estar localizada perto da Europa Oriental, o Evangelho será sempre cantado em dois ritos: Católico Romano e Bizantino Eslavo. O Pe. Robert Tyrała é o responsável pela música litúrgica da Missa de Abertura.


Ewelina Słomka
Tradução: Patricia Paiva-Perycz

Está página contém cookies. Ao continuar navegando aceitará o seu uso.

Aceitar