26/07 - 31/07/2016

FJ fora de Cracóvia


Os eventos artísticos do Festival da Juventude também serão realizados fora de Cracóvia. O programa artístico está preparado em 22 locais na região de acomodação dos peregrinos. Abaixo listamos os locais onde acontecerá o Festival da Juventude. Em breve será publicado em formato PDF o programa artístico de cada um desses locais.

O programa completo dos eventos do Festival da Juventude fora de Cracóvia está disponível para download em arquivo PDF (em inglês) no fim da página



Bochnia














Bochnia é a cidade mais antiga da região de Małopolska. Ela foi elevada a município aproximadamente quatro anos antes de Cracóvia. Isso se deu em razão da descoberta de depósitos de sal de gema na área em 1248. A Mina de Sal de Bochnia é a planta de mineração mais antiga em operação ininterrupta na Europa. A moderna Bochnia não é apenas história viva construída sobre o sal. Há também um museu de borboletas - "Arthropoda" - que abriga a maior exposição permanente da Polônia com mais de 5.000 exemplares de todo o mundo, e uma galeria de arte polonesa, reunida no museu Stanisław Fischer. Entre os 19 mil itens expostos estão inúmeras recordações associadas com a pessoa do Papa São João Paulo II.

Mais informações em: www.bochnia.eu



Brzesko














Brzesko é um município da Província de Małopolska com mais de 36.000 habitantes. Os vestígios mais remotos da presença humana na área datam de 3.500 anos atrás. Brzesko foi fundada entre 1344 e 1352 por Spycimir Leliwita, castelão de Cracóvia. Brzesko teve a honra de acolher muitas figuras importantes: São Estanislau, bispo e mártir, cujos restos mortais descansam na igreja em Skałka em Cracóvia, nasceu aqui. Johann Evangelist Götz, fundador da cervejaria Okocim, visitou Brzesko em 1845. Ludwik Solski - o maior ator polonês, e Kazimierz Missona - dramaturgo e poeta, ambos viveram em Brzesko. Andrzej Munk, um conhecido diretor de cinema, era um visitante frequente da cidade.

Mais informações em: www.brzesko.pl



Chełmek














O munícipio de Chełmek está localizado na parte ocidental da Província de Małopolska. Chełmek é famosa por seus sapatos. Por muitos anos, funcionou na cidade uma das maiores fábricas de calçados, fundada por Tomas Bata. Entre os lugares mais interessantes do Município de Chełmek estão o complexo com um palácio do século XVIII e parque em Bobrek, anexos históricos - aposentos dos operários construídos no final do século XVIII e início do século XIX, o complexo sagrado em Bobrek, e o histórico celeiro de madeira do século XVII. Ao visitar Chełmek, vale a pena ir à igreja de Nossa Senhora Rainha da Polônia, bem como aos moinhos do final do século XIX e início do século XX - relíquias da história industrial de Chełmek.

Mais informações em: www.chelmek.pl



Chrzanów














Chrzanów é uma cidade de origem medieval, localizada na parte sul da Polónia, na Província de Małopolska. Antes da Segunda Guerra Mundial, cerca de 50% dos habitantes da cidade eram judeus. Atualmente, a cidade tem menos de 40 mil habitantes. O padroeiro de Chrzanów é São Nicolau, bispo. A cidade tem seu próprio brasão, bandeira, e também um toque de clarim que é tocado todos os dias do telhado da magistratura de Chrzanów.

Mais informações em: www.chrzanow.pl



Dobczyce














Dobczyce, localizada a aproximadamente 30 km de Cracóvia, é um lugar onde história, cultura e lazer se encontram. A principal atração é a colina do castelo com as ruínas de um castelo de meados do século XIII, um museu ao ar livre, e uma igreja histórica que circundam os restaurados muros da cidade. A rica história lhe confere uma atmosfera fantástica, a qual só é reforçada pela vista do Lago Dobczyce. Ao pé da colina está o centro da cidade, cuja atenção especial deve ser dada à igreja paroquial, onde o monumento mais importante é uma Pietá do século XV.
No centro está uma figura de uma cabra, característica de Dobczyce, reminiscente de uma história da cidade, associada com a pastagem de cabras. Hoje, Dobczyce é famosa por seu tradicional sorvete e passeios ao longo do topo do reservatório.

Mais informações em: www.dobczyce.pl



Gdów














A linhagem de Gdów alcança desde tempos pré-históricos. Achados arqueológicos das eras do Paleolítico e mesozoica, bem como da Idade do Bronze, oferecem uma ideia acerca da povoação muito precoce dessas terras. Vale a pena visitar a aldeia de Hucisko em Gdów, conhecida pela casa de Tadeusz Kantor – fundador do teatro de vanguarda polonês CRICOT, Kantorówka - com a sua original escultura de concreto de 14 metros de altura chamada de a cadeira de Kantor, e a igreja paroquial do Santuário de Nossa Senhora de Gdów (a qual, segundo a lenda, foi fundada pelo rei Władysław de Varna em agradecimento por salvar sua vida) cujo interior é decorado em estilos barroco e rococó.
Em Niegowic - uma das paróquias mais antigas da Galiza, construída por iniciativa do Pe. Karol Wojtyła, você também pode ver o confessionário onde o futuro Papa confessava e uma réplica de seu túmulo no Vaticano.
O município de Gdów também é um lugar muito atraente para os turistas que gostam de um estilo de vida ativo. O Rio Raba, em torno do qual existem inúmeras trilhas para caminhadas e ciclovias, é um lugar pitoresco, perfeito para relaxar no verão.

Mais informações em: www.gdow.pl /www.ckgdow.pl



Kalwaria Zebrzydowska














Kalwaria Zebrzydowska é uma pequena cidade que se encontra em uma bela área montanhosa a apenas 10 km de Wadowice. É famosa por seu artesanato bem desenvolvido - carpinteiros locais são conhecidos e respeitados por toda a Polônia e até mesmo a Europa. Desde o século XVII, Kalwaria tem sido um lugar muito importante de devoção, para onde, peregrinos de todas as partes do mundo vão, e seu número chega atualmente a dois milhões por ano. Os peregrinos visitam especialmente os Caminhos de Jesus e os Caminhos de Nossa Senhora - também chamado de Jerusalém polonesa. É um complexo de mais de 40 construções religiosas que se encontram nas encostas pitorescas de Beskids, ligados à vida e paixão de Cristo e Sua Mãe. Os Caminhos, juntamente com o Santuário de Nossa Senhora dos Anjos foram incluídos na Lista do Património Mundial da UNESCO, desde 1999.
Os peregrinos também rezam diante da imagem milagrosa de Nossa Senhora de Kalwaria, famosa por suas graças por centenas de anos. Quando era criança, o Papa João Paulo II ofereceu suas dificuldades ao coração de Maria diante dessa imagem. Em diversas ocasiões, ao visitar Kalwaria, ele mencionava que sua vocação sacerdotal foi moldada lá. Como Papa, ele visitou o santuário duas vezes. Esse pitoresco lugar, fora dos enormes valores turísticos, esconde um mistério espiritual profundo, que é possível de ser encontrado por qualquer um que se torne um peregrino em Kalwaria.

Mais informações em: www.kalwaria-zebrzydowska.pl

Kazimierza Wielka














Kazimierza Wielka está localizada na parte sudeste de Niecka Nidziańska, na província de  Świętokrzyskie. A cidade possui uma disposição espacial multidirecional com o seu centro localizado em um vale, onde um grupo de lagoas se encontram. Durante a Segunda Guerra Mundial Kazimierza Wielka era o lugar da República Partidária Kazimiersko-Proszowicki. Existem monumentos na cidade, tais como: a igreja paroquial da Exaltação da Santa Cruz de 1633, uma Torre da Cerca de 1888 que atualmente abriga o Museu Ziemi Kazimierskiej (o Museu de Casimiro), um palácio neo-renascentista da segunda metade do século XIX, a sede de uma refinaria de acúcar, também do século XIX, Piwnice Dworu (Adegas do Feudo) do século XVIII e o Parque Dworski (Parque do Feudo) do século XVIII, convertido em Parque Miejski (Parque da Cidade). Por muitos anos, o distrito teve um caráter agrícola, associado com o processamento agrícola e alimentar e as operações da Refinaria de Acúcar Łubna. Atualmente, as nascentes termais descobertas em Cudzynowice estão levando a novas tendências em desenvolvimento. De um distrito rural nós podemos nos tornar um distrito recreativo. Outra vantagem de Kazimierza são as instalações desportivas localizadas ao longo da cidade, por exemplo, um grande pavilhão esportivo, piscina interior, dois campos de jogos “Orlik”, estádio municipal, quadras de tênis e uma área de natação sobre uma reservatório de água, o qual é vigiado durante o período de férias. Kazimierza Wielka é um distrito aberto às pessoas e a novos investimentos, e a criação de um resort de saúde municipal é atualmente nosso maior desafio.

Krzeszowice














Krzeszowice é o maior município do distrito de Cracóvia. Uma grande parte do município está nos Parque Paisagístico Jurássicos - três parques e três reservas naturais são encontrados aqui.
Há várias dezenas de monumentos históricos no município, entre os quais os mais visitados são as ruínas do Castelo Tenczyn em Rudno, o Mosteiro das Carmelitas Descalças em Czerna, a igreja de madeira na Paczółtowice e o Palácio Potocki em Krzeszowice. O centro municipal - a cidade de Krzeszowice - é conhecido por suas águas minerais curativas de sulfato de cálcio, magnésio e enxofre, que têm sido usadas para tratar várias doenças, desde o século XVII.

Mais informações em: www.krzeszowice.pl



Libiąż














O município de Libiąż está localizado na parte ocidental de Małopolska, no sul da Polônia, entre duas grandes aglomerações: Cracóvia e Katowice, não muito longe de Oświęcim. Em Libiąż, você pode visitar a Igreja da Transfiguração de estilo neogótico (do início do século XX). Para aqueles que valorizam a paz e natureza, Libiąż oferece um rico parque verde urbano. Vale a pena pagar para visitar, entre outros lugares, o Parque Młodości, onde há uma estátua de São João Paulo II, e uma original disposição de luzes, criando uma atmosfera incrível à noite.

Mais informações em: www.libiaz.pl



Mszana Dolna














A cidade de Mszana Dolna está localizada 60 km ao sul de Cracóvia, entre pitorescas colinas. Rodeada pelos picos da ilha Beskids e montanhas Gorce, é a capital da Zagórzany - um grupo étnico das montanhas que criou seu próprio e singular folclore. Em torno Mszana Dolna está a base da ilha Beskids, rica em picos com encostas íngremes e topos achatados, separadas por vales de rios e passagens baixas. Ao sul de Mszana Dolna está a cordilheira Gorce. A grande riqueza natural dessas áreas são os bosques e os resquícios da floresta dos Cárpatos protegida pelo Parque Nacional Gorce. As “Rotas Papais” são marcadas nas Montanhas Gorce e na ilha Beskids. As rotas da montanha, marcadas por placas ao longo das tradicionais trilhas que Karol Wojtyla, o Papa João Paulo II, uma vez outrora passeou.  Uma linha ferroviária construída no século XIX atravessa a área de Kasina Wielka - a mais alta estação da Polônia. Essa estação serviu como cenário de muitos filmes, incluindo A Lista de Schindler. No verão, antigas locomotivas públicas a vapor com carros antigos funcionam de Chabówka para Kasina Wielka.

Mais informações em: www.mszana-dolna.eu



Mysłowice














Mysłowice é uma cidade localizada no centro de Alta Silésia no sul da Polônia, com uma rica história que remonta ao século XIV. Ao caminhar pelas charmosas ruas da cidade, você pode se deparar com inúmeros vestígios da história, tais como: famosos edifícios religiosos, A Esquina dos Três Imperadores, e o Museu Central dos Bombeiros, que é único no nosso país. A cidade é conhecida por apoiar artistas nativos e promover o desenvolvimento da cultura. Inúmeros concertos e apresentações de artistas reconhecidos na região, bem como em todo o país são realizadas aqui, incluindo o festival ecumênico "Seja como Jesus!", que recebe estrelas de todo o mundo. Moradores descansam a vontade, aproveitando o complexo recreativo e desportivo do Parque Słupna.

Mais informações em: www.myslowice2016.pl




Myślenice














Myślenice é uma cidade localizada 30 quilômetros ao sul de Cracóvia, no vale do Rio Raba. A cidade é um convite para admiradores de monumentos históricos, caminhadas e lazer ativo. O coração do Mercado de Myślenice está rodeado por cortiços (incluindo o cortiço Obońskich com a imagem de Nossa Senhora de Myślenice, na fachada). Perto do Mercado está uma igreja paroquial da Natividade da Virgem Maria, e nela o tesouro da cidade – A Imagem Milagrosa de Nossa Senhora de Myślenice, uma obra originalmente pertencente ao Papa Sisto V. Próximo ao mercado está localizado o museu “Casa Grega”. Outro monumento religioso que vale a pena visitar é a Igreja de São Jacó; próximo à capela está um cemitério do século XIX. Nas imediações do templo, nas encostas do Plebańska Góra, está a Capela de Nossa Senhora das Neves. Durante muitos anos, a água proveniente de uma fonte próxima à capela foi considerada como tendo propriedades curativas. Em Zarabie, na seção entretenimento e lazer de Myślenice há um salão desportivo, uma ciclovia ao longo do rio Raba e um parque. Os picos mais altos são o Monte Chełm, que pode ser acessado usando o teleférico mais longo da Polônia e Uklejna. Em suas encostas, a história e lenda estão entrelaçadas. Na Idade Média, uma torre foi erguida aqui, a qual protegia a estrada real que vem de Cracóvia. Além dos guardas, assaltantes liderados por Katarzyna, o ladrão, também buscavam abrigo na fortaleza. Hoje, a área é uma reserva natural chamada de "O Castelo sobre o rio Raba”.

Mais informações em: www.myslenice.pl






Pałecznica














O munícipio de Pałecznica está localizado na parte nordeste da Província de Malopolska, 43 km ao norte de Cracóvia. É um município tipicamente agrícola, com grande potencial para o desenvolvimento do turismo. Vale ressaltar os monumentos atrativos situadas no seu território, incluindo a igreja de São Tiago Apóstolo, que é um exemplo da arquitetura medieval combinada com elementos neogóticos e um interior barroco. Pelo munícipio passa o Caminho da Pequena Polônia, referindo-se a 206 km de rota comercial da idade média que vem do país do vale Vistula - de Sandomierz a Cracóvia. Essa é uma das mais importantes rotas de peregrinação cristã.

Mais informações em: www.plecznica.pl



Proszowice














Proszowice é uma cidade da Província de Małopolska, localizada aproximadamente a 30 km a leste de Cracóvia. Os direitos municipais da cidade foram concedidos pelo Rei Casimir, o Grande, em 1358. Proszowice foi outrora uma cidade real da Coroa do Reino da Polônia. Durante séculos Proszowice foi o maior centro comercial local. Reis poloneses visitaram aqui, incluindo Władysław Jagiełło. Estão localizadas em Proszowice uma paróquia e igreja da Bem Aventurada Virgem Maria. O templo foi construído no século XIII. Foi destruído por batalhas no início do século XIV. No século XV, uma igreja de tijolos foi reconstruída em estilo gótico. Além disso, existem vários santuários, estátuas e cruzes, assim como o antigo cemitério judeu na cidade.

Mais informações em: www.proszowice.pl



Rabka
























A história da Rabka remonta ao século XIII, quando o mosteiro cisterciense se estabeleceu aqui e está associado às fontes de sal. O nome "Rabka" foi mencionado pela primeira vez por Jan Długosz. Na segunda metade do século XVI, a salmoura em Rabka já foi usada para tratar doenças em humanos e animais. No final do século XIX foi aberto um spá que mais tarde se especializou no tratamento de crianças, e vem evoluindo cada vez mais em conexão com o transporte ferroviário Chabówka-Cracóvia. Foi concedido a Rabka, o título de "Cidade das Crianças do Mundo" pelo Capítulo da Ordem do Sorriso, UNESCO, e o governador de Nowy Sącz. A inexistência de calor excessivo e frio intenso promove tratamento climático. Os recursos naturais em Rabka-Zdroj incluem água mineral. Estas são algumas das salmouras mais fortes na Europa, que são utilizados em tratamentos através do banho, ingestão e por inalação, incluindo cura de doenças respiratórias, cardiovasculares, neuroses, e muitas outras doenças. O que também é digno de ser visto em Rabka são: a igreja de madeira de Santa Maria Madalena – O museu regional de Wladyslaw Orkan, a estação de trem, o spá, a Igreja da Madeira da Santa Cruz em Piątkowa Góra, A Igreja Paroquial de Santa Maria Madalena e o museu ao ar livre do Material Circulante em Chabówka.

Mais informações em: www.rabka.pl



Siepraw

A área do munícipio se estende ao longo das encostas Wieliczka; parte dele fica próximo a reserva Dobczyce. Siepraw está localizado a apenas 18 km de Cracóvia. Por muitos anos, a bela localização do município tem atraído turistas, bem como entusiastas do esporte, e aqueles que procuram paz e tranquilidade. Há também lugares e atrações localizadas em Siepraw que oferecem diferentes maneiras para passar o tempo livre (Complexo esportivo público Parque Solar - futebol, voleibol, basquetebol, voleibol de praia, tênis, pista de caminhada). Siepraw goza de uma crescente popularidade entre os turistas e peregrinos, devido à devoção à Beata Aniela Salawa, que nasceu em Siepraw em 1881 e mais tarde foi beatificada pelo Papa João Paulo II. Há uma fonte localizada no Siepraw dedicado a Beata Aniela Salawa, que é um lugar de peregrinação, sonho, e descanso.

Mais informações em: www.siepraw.pl



Skalbmierz














Skalbmierz está nas montanhas Kielce-Sandomierz. A primeira menção a Skalbmierz foi em 1217. A verdadeira joia da arquitetura gótica é a Igreja Colegial do século XV de São João Batista com elementos de cantaria do século XI. Você também pode visitar igrejas pitorescamente situadas em Małoszów e Poplar. Para aqueles que procuram paz e concentração, sugerimos uma peregrinação pelo Caminho da Pequena Polônia que atravessa a comunidade de Czarnocin em direção a Pałecznicy. Ao longo do caminho, você pode admirar os túmulos pré-históricos em Kobylniki e Rosiejów.
Depois de um longo dia de visitas, pode-se relaxar na água - curtir a praia, praticar esportes aquáticos, pescar, ou caminhar (Um passeio de aproximadamente 1 km ao redor do reservatório). Nas proximidades, há uma ciclovia, quadra de tênis, parque infantil e campos esportivos.



Sucha Beskidzka













O município de Sucha chamado Podbabiogórze, fica na ponta sudoeste da Província de Małopolska. É constituída por um vasto terreno montanhoso: Beskid Żywiecki, Beskid Makowski, e Beskid Mały. A riqueza natural da região inclui florestas, que ocupam quase 50% do município. As qualidades naturais, paisagísticas e culturais da Podbabiogórze torna-a uma área atraente para o turismo e entretenimento. O município tem uma rede muito bem desenvolvida de trilhas - caminhadas, esqui, ciclismo e passeios a cavalo, bem como acomodações devidamente preparadas para o alojamento dos hóspedes. A principal atração turística do munícipio é Babia Góra (1725 metros acima do nível do mar), o pico mais alto das Montanhas Ocidentais Beskid, e encontra-se no parque nacional de Babiogórski. Fazem fronteira com o munícipio à parte sudeste do Parque Paisagístico Mały Beskid e outras duas reservas naturais. Vale a pena visitar o castelo renascentista em Sucha Beskidzka, chamado de "Mini Wawel," arquitetura de madeira antiga - igrejas de madeira em Lachowice, Łętownia e Zawoja, a pousada "Roma" em Sucha Beskidzka, e dois museus de construção regionais ao ar livre em Zawoja Markowych -Rówienkach e Siedzina. Ricas tradições e folclore dessas terras cultivam bandas regionais, cujas apresentações podem ser vistas em numerosos festivais folclóricos organizados aqui durante todo o ano.

Mais informações em: www.sucha-beskidzka.pl



Trzebinia

















O município de Trzebinia está situado na parte ocidental da Província da Pequena Polônia, na metade do caminho entre Cracóvia e Katowice. Bom transporte é assegurado por um extenso sistema de estradas, incluindo a autoestrada A4, bem como propícias conexões ferroviárias. Uma visita ao centro da cidade de Trzebinia é uma boa ideia para uma parada de descanso durante um passeio de bicicleta em família. Em 800m ao norte do centro, pode-se facilmente chegar à histórica casa senhorial Zieleniewski, rodeada por um belo parque. O Centro Cultural Trzebinia organiza inúmeros eventos culturais durante todo o ano. No verão, mesas de cafés são postas na grama do parque para atrair os transeuntes. Uma série de outros interessantes lugares está situado dentro de 1 km da Praça do Mercado: a Biblioteca Pública Municipal, que oferece acesso gratuito à Internet, um cinema 3D perto de Centro Cultural "Sokół" e o reservatório "Balaton" - um lugar incomum, porém popular para a natação, construído em uma mina inundada. Na área, também se pode visitar lugares como: O santuário da Virgem Maria em Plock, a Basílica Menor - Santuário de Nossa Senhora de Fátima, o Palácio e Complexo de Parque e piscina coberta MZN em Młoszowa.

Mais informações em: www.trzebinia.pl



Wadowice














Wadowice, uma cidade com uma longuíssima história, está localizada a apenas 50 km de Cracóvia, no sopé da cordilheira da pequena Beskids, no pitoresco vale do rio Sakawa. É o berço do maior Polonês, São João Paul II. Durante sua última visita aqui, ele disse: "... Aqui, nesta cidade, em Wadowice, que tudo começou. A vida começou, e escolaridade começou, e os estudos começaram, e o teatro começou, e o sacerdócio começou..." Você pode visitar a casa onde Karol Wojtyla nasceu e que agora foi transformada na Casa Museu de João Paulo II para descobrir mais sobre a história da vida dessa pessoa notável. No Museu da Cidade, pode-se aprender sobre a história da cidade, especialmente os dias em foi o lar do jovem Karol.
Você pode visitar também à Basílica da Apresentação da Virgem Maria em Wadowice e ver a fonte batismal na qual Karol Wojtyla foi batizado, bem como a capela com a imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em frente do qual ele gostava de rezar quando era criança e quando jovem. Ao visitar a bela cidade, você também pode desfrutar das trilhas para caminhadas nas proximidades que levam aos picos da cordilheira Pequena Beskids. São João Paul II também andou por essas trilhas. No pico João Paulo II, encontra-se a capela de Nossa Senhora Rainha das montanhas, fundada por turistas-peregrinos. A partir daqui você pode passear pelas rotas papais para a vizinha Kalwaria Zebrzydowska, onde está localizado o santuário mariano com a sua famosa imagem milagrosa de Nossa Senhora de Kalwaria.

Mais informações em: www.wadowice.pl



Wieliczka














Wieliczka é uma cidade famosa por sua singular mina de sal com corredores subterrâneos que surpreendem turistas de todo o mundo. A mina de sal mais antiga é considerada um património nacional pela UNESCO. A mina de sal em Wieliczka é o único local de mineração no mundo, que está em operação constante desde a Idade Média. Depois de um passeio através dos corredores subterrâneos, deve-se visitar a cidade - o segundo mundo - externa, mas também cativante por sua beleza. Chama-se atenção principalmente para o Castelo Żupny nas proximidades, com a capela da família Morstin em o estilo barroco. Enquadrado no panorama arquitetônico da cidade está, entre outras coisas, a Igreja de madeira de lariço de São Sebastião, bem como a silhueta imponente do mosteiro da ordem franciscana com a igreja. Chamando a atenção para si mesmo no centro da cidade está a renovada Praça superior com uma pintura tridimensional na calçada. Wieliczka é também um próspero centro de esportes e entretenimento com o Centro Educação e de Recreação "Sal City" e Arena Atlética Małopolska, que vão acolher o Festival da Juventude durante a Jornada Mundial da Juventude em 2016.
Nas imediações de Wieliczka está o Campus Misericordiae, que sediará dois atos centrais da Jornada Mundial da Juventude: 30 de Julho - A noite de vigília com os jovens e o Papa Francisco, e 31 de Julho - Missa de Envio, na conclusão da Jornada Mundial da Juventude.

Mais informações em: www.wieliczka.eu



Bibice (Gmina Zielonki)















O município de Zielonki fica aos redores de Cracóvia diretamente para o norte. As partes norte do distrito estão localizadas no Parque Nacional de Ojców (Parque Ojcowski Narodowy) e apenas 5 km separam a fronteira sul da Praça do Mercado de Cracóvia. A beleza excepcional do distrito de Zielonki é visível em três formas. A primeira delas é uma vasta paisagem panorâmica, especialmente na área perto de Cracóvia, bem como as colinas na parte sul, cobertas com uma variedade de campos. A segunda é criada por numerosos e fascinantes vales e desfiladeiros com flora variada e restos calcários. A terceira são os monumentos naturais - espécimes maravilhosos de árvores antigas e caminhos presentes em toda a área. Essa região incrível, o Vale Prądnik e o Vale Dłubnia, esconde muitas história polaca, incluindo: o Ninho da Águia (Orle Gniazdo), ou seja o castelo em Korzkiew, cinco fortes da fortaleza de Cracóvia, uma casa senhorial em Bolen, e uma casa senhorial em Owczary. A maior parte do distrito está localizada na área de paisagem protegida do Parque do Vale da Cracóvia (Parque Dolinki Krakowskie), Parque Paisagístico Dłubniański (Parque Dłubniański Krajobrazowy) e o Parque Nacional de Ojców (Parque Ojcowski Narodowy). A comunidade local cultiva a tradição de trajes históricos e estudantes pedem que as pessoas dividam comida com eles na Páscoa (Pucherok). Os habitantes nativos, muito orgulhosos da tradição e da história da sua terra, objetivam preservar o seu património cultural. Essas tentativas têm se refletido em dois museus: um localizado em Bibice - uma das mais antigas vilas em todo o país - o outro, na capital do distrito - Zielonki.

Mais informações em: www.zielonki.pl
Youth_Festival_Outside_Krakow_Program_ENG.pdf pdf 18.33 MB 22-07-2016 Pobierz

Está página contém cookies. Ao continuar navegando aceitará o seu uso.

Aceitar