26/07 - 31/07/2016

Tema


O lema da XXXI Jornada Mundial da Juventude Cracóvia 2016 é: “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia” (Mt 5:7). Para sublinhar a importância das Bem-aventuranças, que são o coração do ensinamento de Jesus Cristo, o Santo Padre Francisco escolheu a quinta, a que Jesus anunciou no seu Sermão à beira do Mar de Galiléia. No seu primeiro Sermão, Jesus deixa para nós oito indicações das atitudes que nos aproximam do Reino dos Céus.


A escolha de Cracóvia como lugar de celebração do próximo encontro dos jovens, junto com o lema desse encontro, conduzem-nos à centelha da Misericórdia que, desde que Jesus Misericordioso revelou-se à Santa Irmã Faustina, irradia-se a toda a Igreja desde Łagiewniki, um dos bairros de Cracóvia. Cracóvia é conhecida no mundo como o centro da devoção à Divina Misericórdia. Os jovens peregrinos que virão à Polônia vão ter a vontade de visitar o lugar das revelações, a tumba de Santa Faustina Kowalska e o santuário, lugar no qual João Paulo II confiou o mundo à Divina Misericórdia.


Vale a pena notar que na essência da quinta bem-aventurança resumem-se também os dois primeiros anos do pontificado do Papa Francisco, durante os que ele tem-se esforçado muito por mostrar à Igreja o amor de Deus ao homem e a necessidade de que nós sejamos misericordiosos com outros.


„Leiam as Bem-aventuranças, farão bem a vocês.”


Papa Francisco, Rio de Janeiro


Durante o encontro com os jovens argentinos no Rio de Janeiro, o Papa Francisco disse: "Leiam as Bem-aventuranças, farão bem a vocês." E esta é a nossa tarefa para o tempo restante até julho de 2016: reler as Bem-aventuranças e tentar entender novamente. O Santo Padre escolheu para nós três delas de uma maneira especial:




Todas as Jornadas Mundiais da Juventude – segundo a vontade do seu criador e patrono, São João Paulo II – apoiam-se em um pensamento bíblico que, frequentemente, relaciona-se com a espiritualidade da cidade anfitriã da JMJ. O lema principal vai acompanhar aos jovens, não só durante as preparações prévias, mas também vai se aprofundar na essência deste lema, participando nas catequeses com bispos e ouvindo os discursos e homilías do Santo Padre durante os Atos Centrais.

„Jesus, quando enviou os Doze em missão, disse-lhes: «Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos; nem alforge para o caminho, nem duas túnicas, nem sandálias, nem cajado; pois o trabalhador merece o seu sustento» (Mt 10, 9-10). A pobreza evangélica é condição fundamental para que o Reino de Deus se estenda. As alegrias mais belas e espontâneas que vi ao longo da minha vida eram de pessoas pobres que tinham pouco a que se agarrar.”


Mensagem do Santo Padre Francisco para a XXXI Jornada Mundial da Juventude

Está página contém cookies. Ao continuar navegando aceitará o seu uso.

Aceitar